Bahia, 16 de outubro de 2018 às 05:56 - Escolha o idioma: pt Português

O ataque da máquina da imbecilidade ao povo baiano


Por: - Crédito da Foto:


 

 

Por Genaldo Melo

A Rede Globo com toda sua qualidade na produção de suas novelas não tem feito outra coisa senão prestar um verdadeiro desserviço à sociedade brasileira, e nesse momento destruindo o que existe de melhor na alma do povo baiano com a sua mais nova superprodução, chamada de “O segundo sol”. É mais uma dessas novelas que provocam grandes audiências da emissora do Jardim Botânico, mas descaradamente não faz outra coisa na verdade senão deseducar novo povo.

 

A produção mostra baianos matando gente, traficando drogas, mulheres traindo descaradamente com se fosse a coisa mais comum do mundo, gramourização da prostituição, mentiras e armações doentias, violência gratuita ao vivo e a cores, e outras coisas mais que não representam o que o povo baiano de fato é. E ainda tem gente que acha aquilo ali a coisa mais natural do mundo, e outros ainda chamam de lazer, entretenimento e cultura.

 

Esse lixo cultural oferecido para quem não tem condições de acessar a outros conteúdos televisivos deveria ser repudiado veementemente na Bahia, e em todo Brasil, por de fato não ser nem lazer, nem entretenimento, nem cultura, e principalmente por não apresentar o comportamento normal de seres humanos, especialmente de quem vive na Bahia de todos os santos e de todos os cantos.

 

Mais uma vez a emissora que detém o maior monopólio em concessão pública no Brasil, na ânsia por audiência para apresentar os produtos de seus patrocinadores nos intervalos da novela, e dentro do próprio roteiro da mesma, influencia grande parcela de seu público de que aqueles comportamentos nada religiosos ou morais são as coisas mais naturais do mundo.

 

Como no Brasil não existe uma legislação que defina parâmetros para que a televisão eduque e não adoeça nosso povo, a Rede Globo continua deitando e rolando com o pior que existe em matéria de lixo cultural no Brasil. E nesse exato momento quem está perdendo são os baianos, que estão sendo apresentados para o Brasil inteiro como se fossem os piores monstros e doentes do mundo!